Vistos de Residência

logo_registo_criminal.png

 

O que são vistos de residência e a quem se destinam?

Os vistos de residência destinam-se a estadias em território português por um período superior a um ano.

Atenção: Não necessitam de visto para obtenção de autorização de residência os cidadãos que se encontrem nas situações previstas do artigo 122º, da Lei 29/2012, de 9 de Agosto.

 

onde pedir?

Os vistos de residência devem ser solicitados na Secção Consular da Embaixada de Portugal em Pequim.

 

Qual a validade dos vistos de residência?

O visto de residência é válido por cento e vinte (120) dias (quatro meses) e serve para duas (2) entradas em território nacional, podendo ser prorrogado em Portugal junto do SEF.

 

Documentos necessários

Além do formulário de inscrição, é necessária a apresentação de documentos gerais (comuns a todos os tipos de visto de residência) e documentos específicos para cada um dos 7 tipos de visto de residência.

 

Documentos gerais

  • Formulário de inscrição, devidamente preenchido e assinado;
  • Duas fotografias iguais, tipo passe (3,5 x 4,5 cm), a cores e fundo liso, dos últimos 12 meses;
  • Passaporte válido por mais de três meses após a data de término do visto pedido, com cópias das páginas de identificação e, se for o caso, dos vistos anteriores;
  • Certificado de registo criminal da República Popular da China ou do país em que resida há mais de um ano, notariado e traduzido para Inglês ou Português, legalizado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros e pela Embaixada de Portugal do país em questão;
  • O original do Hukou com cópias de todas as páginas, traduzidas para Inglês ou Português (no caso de cidadãos de nacionalidade chinesa);
  • Comprovativo de alojamento;
  • Comprovativo de meios de subsistência;
  • Seguro de viagem que permita cobrir as despesas necessárias por razões médicas, incluindo assistência médica urgente e eventual repatriamento, com uma cobertura mínima de 30.000 Euros e válido para todo o período da estada;
  • Certificado de qualificações académicas/profissionais, certificados por um notário e legalizado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros e pela Embaixada de Portugal (dispensável no caso de vistos para tratamento médico ou para acompanhamento de familiares em tratamento médico).

 

Documentos específicos

Custo do serviço

Consulte aqui a tabela de emolumentos.