Condições de Segurança

A China é considerada um país seguro. Actualmente a maior parte do país está aberto a turistas estrangeiros, com excepção de algumas áreas sensíveis e fronteiriças. As visitas às áreas restritas deverão ser autorizadas por uma delegação do Gabinete de Segurança Pública (Public Security Bureau - PSB). Os viajantes que desejam ir ao Tibete deverão igualmente solicitar uma autorização especial.
 
Recomenda-se aos cidadãos nacionais que estejam atentos a tentativas de furtos por parte de carteiristas, situação frequente nos mercados e estabelecimentos comerciais com maior afluência de turistas. Sempre que possível, é conveniente que os viajantes guardem o seu passaporte nos cofres ou recepção dos hotéis, circulando apenas com fotocópia do seu passaporte.

Alerta-se ainda os viajantes para exercerem alguma cautela com abordagens espontâneas de cidadãos chineses (frequentemente duas pessoas jovens) com intuito de prestar auxílio a turistas ou sugerindo visitas a “casas de chá” ou semelhantes, tendo-se vindo a verificar serem esquemas para extorquir dinheiro a turistas.
 
Outras informações importantes
 
Números de telefone de Emergência:
- Polícia: 110
- Bombeiros: 119
- Ambulância/ Emergência Médica: 120 ou 999
- Acidente rodoviário: 122
- Directório telefónico local: 114
- Operador de chamadas telefónicas de longa distância: 115
- A cidade de Xangai dispõe de um número gratuito durante 24 horas para todo o tipo de informação aos visitantes: 962288

 

Nota importante: as presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e conselhos, e são susceptíveis de alteração a qualquer momento. Nem o Estado Português, nem as representações diplomáticas e consulares, poderão ser responsabilizadas pelos danos ou prejuízos em pessoas e/ou bens daí advenientes.