Autor chinês Yu Hua traduzido para português

A Relógio d'Água publicou recentemente a tradução de um livro de Yu Hua, um dos mais importantes autores chineses contemporâneos.

余华 pt_meitu_1.jpg

O romance, Crónica de Um Vendedor de Sangue, é um dos dez livros mais influentes da década de noventa na China, e foi traduzido da língua original pelo português Tiago Nabais, este é também o primeiro de uma nova colecção da Relógio d’Água dedicada a autores chineses contemporâneos.

Em Crónica de Um Vendedor de Sangue, Yu Hua narra-nos como foi viver sob o governo do presidente Mao.

Xu Sanguan, um distribuidor de casulos de uma fábrica de seda, aumenta o seu magro salário através de visitas ao chefe do sangue. Enquanto luta para sustentar a esposa e os três filhos, as suas visitas tornam-se perigosamente frequentes.

Quando descobre que o seu filho predilecto nasceu de um caso entre a esposa e um vizinho, Xu Sanguan vê a sua vida desmoronar-se. Ao mesmo tempo, a sua esposa é publicamente acusada de prostituição. Perante tamanhas indignidades, Xu Sanguan encontra refúgio nos laços de sangue da sua família. Crónica de Um Vendedor de Sangue, romance escrito com rara intensidade emocional, tece os fios da vida humana através da narração dos dias de um homem comum.

O The Boston Globe caracterizou a obra como «Comovente… estruturado com mestria e de uma escrita sublime. Um romance que absorve o leitor e constantemente o faz parar para pensar.»

Sobre o autor:
Yu Hua, nasceu em Hangzhou, Zhejiang, em 1960, praticou odontologia durante cinco anos e desde 1983 que se dedica à escrita a tempo inteiro. Tem publicados cinco romances, seis colecções de contos e cinco de ensaios. Entre as suas obras mais importantes destacam-se Brothers, To Live, Chronicle of a Blood Merchant, Cries in the Drizzle, The Seventh Day, China in Ten Words. Yu Hua recebeu diversos prémios e distinções internacionais, incluindo o Prémio Grinzane Cavour (1998), Chevalier de l’Ordre des Arts et des Lettres (2004), Prix Courrier International (2008) and Giuseppe Acerbi Literary International Prize (2014). Em 2002, tornou-se o primeiro escritor chinês a receber o James Joyce Foundation Award. A sua obra "Viver" (活着) deu origem ao filme com o mesmo nome,  realizado por Zhang Yimou e vencedor do Grand Prize of the Jury de Cannes, BAFTA Awards, entre outros. Os seus livros foram traduzidos em mais de 30 idiomas.

Sobre o tradutor:
Tiago Nabais, natural de Lisboa, é Licenciado em Tradução e Interpretação Português/Chinês - Chinês/Português pelo Instituto Politécnico de Leiria (IPL). É, desde 2015, professor de Português na Zhejiang Yuexiu University of Foreign Languages, tendo leccionado também na Hebei Foreign Studies University, entre 2012 e 2015.


Para mais informações sobre Crónica de Um Vendedor de Sangue, consulte:

http://relogiodagua.pt/produto/cronicas-de-um-vendedor-de-sangue/