Embaixador português na China recebe prémio de diplomata económico do ano

O Embaixador de Portugal em Pequim, Jorge Torres-Pereira, recebeu ontem em Lisboa o prémio de melhor diplomata económico do ano, atribuído pela Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa (CCIP).

O prémio, baptizado com o nome de Francisco de Melo e Torres, prestigiado diplomata português do século XVII, e que vai na quarta edição, foi entregue ao embaixador português no âmbito do Seminário Diplomático promovido pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros, que decorreu no Museu do Oriente.

Licenciado em Medicina, Jorge Ryder Torres-Pereira ingressou na carreira diplomática em 1986 e já esteve colocado em Londres, Telavive, Moscovo, Madrid, Ramallah e Banguecoque, antes de representar Portugal em Pequim.

 

O Prémio Francisco de Melo e Torres é atribuído todos os anos ao diplomata português que mais se distingue no apoio à internacionalização das empresas portuguesas, na captação do investimento directo estrangeiro e na promoção da imagem de Portugal. O vencedor deste galardão é escolhido por um júri composto por Bruno Bobone, Presidente da Câmara de Comércio, Miguel Horta e Costa e Paulo Portas, Vice-Presidentes da Câmara de Comércio, e pelo Embaixador António Monteiro, que preside ao júri.